Breves

Fitch sobe perspetiva do rating português para positiva

fitch
Comments (2)
  1. puches says:

    Francamente, estou-me nas tintas para a opinião destas agências.
    Sabendo a génese de todo este disparate que caiu sobre a Europa desde 2008, parece-me que são lobos vestidos de cordeiros. Lobos saciados com o sangue dos inocentes, diga-se.

  2. José Abrantes says:

    Eu também não valorizo excecionalmente “as notações” das agências de rating. Não as valorizo agora como também não as valorizei no passado. Mas não podemos esquecer que vivemos numa economia global, demasiadamente liberal, ainda não devidamente regulamentada e aberta em demasia para o meu gosto. Neste enquadramento, não podemos deixar de considerar essas “notações” porque os outros, de quem dependemos enormemente”, as consideram. E, apesar dos aspetos negativos, ninguém pode deixar de considerar que as avaliações feitas têm uma componentte técnica que não se pode desprezar. Obviamente que a componente política também é relevante e esta “é a que eles querem e muitas vezes influenciam, em função de interesses específicos”.
    A título de conclusão e, só não vê quem não quer, não tenho qualquer dúvida de que estamos no bom caminho. E também que em política económica há sempre alternativas. Haverá sempre os que se preocupam com a generalidade dos portugueses e, de entre estes os menos favorecidos, e aqueles que se preocupam essencialmente com outros interesses. Continuemos este caminho e a médio prazo, veremos todos a vida dos portugueses melhorar. efetivamente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Geringonça

© Geringonça 2016