Breves

Marcelo desmente Teodora: défice baixo não é milagre, é trabalho

milagre
Comments (3)
  1. João Gentil says:

    Estranhamente, sem o contexto em que TCardoso classificou a questão da falta de sustentabilidade das medidas avulsas para se atingir a % do défice no ano passado, a opinião do comentarista crente em milagres MRSousa é demagogia barata o P.R. que presta um mau serviço cobrindo-se com o guarda chuva invocativo da cristandade.
    A opção da truncagem da aparente notícia publicada no Facebook, revela a possibilidade de ter sido propositada pela equipa de marketing da Presidência com objectivos que se percebem.

    1. Miguel Martins says:

      Está bem abelha, as medidas inconstitucionais do anterior governo é que eram sustentáveis, não é? Ó João, quando o défice previsto ainda era 2,3%, a Comissão Europeia veio dizer que, sem medidas extraordinárias, ficaria nos 2,6% (isto em janeiro). Entretanto soube-se que o défice de 2016 não ultrapassará os 2,1% – portanto, sem medidas extraordinárias, muito dificilmente ultrapassará os 2,4%. É isto que é insustentável? Tenham vergonha na cara.

  2. Sérgio Parreira says:

    Se alguem tivesse lido a entrevista saberia que a parte do “miagre” é devida a pergunta que lhe foi feita condicionar a resposta. Ela respondeu que atendendo ao que foi feito (receitas extraordinarias) tinha-se conseguido ou um milagre ou contas aldrabadas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Geringonça

© Geringonça 2016