Breves

Comissário desmente PSD: eventuais sanções devem-se a incumprimento de 2015

conejo
Comments (11)
  1. antónio says:

    Os abutres espreitam.

  2. DS says:

    Isto é jogar o jogo da direita. Eu percebo a tentação de dizer que as sanções são por causa do défice de 2015, que é o que resulta do direito europeu (vamos chamar-lhe assim por caridade). Mas parece-me que a Maria Luís tem razão, se fosse ela a ministra não haveria sanções, porque o governo de que ela faria parte estaria a implementar as políticas da troika que é o que realmente interessa ao Schauble e aos outros falcões do euro. Os défices como bem sabemos foram sempre e apenas uma desculpa. O que lhes interessa são as políticas económicas. Por isso devemos dizer alto e bom som que estas sanções são políticas, não são jurídicas. São um ataque à escolha democrática dos portugueses por parte de quem despreza a democracia. Esse é o jogo que está a decorrer, Democracia vs Autoritarismo Imperial (resistentes vs quinta coluna). Ponham-se com falinhas mansas, a aprovar no parlamento as resoluções desses vendidos e depois queixem-se que levam outra facada nas costas como em 2011. À primeira todos caem à segunda…Não se esqueçam que ainda há poucos meses o governo em funções era um bando de golpistas usurpadores para uma parte importante do país. Daí até vos transformarem em bandidos que atiraram o país para um segundo resgate é um tirinho. Portanto, nada de falinhas mansas, é da democracia que falamos.

    1. B Mota says:

      Quem nos atirou para os outros resgastes fomos nós. Ou não assumimos as nossas escolhas? Somos da UE porque quisemos. Somos do Euro porque quisemos. Gastamos mais do que produzimos porque quisemos. Por nos outros os nossos erros pode massajar-nos o ego, mas não é bonito.

  3. Ricardo says:

    Eu concordo com as afirmações da Maria Luísa e a minha costela de teórico da conspiração até concorda em parte na posição do PSD, mas não da forma que eles pensam.
    Os direitolas dizem que a culpa das sanções é do tom de esquerda do governo. Parte de mim acha que sim. Mas enquanto eles dizem isso com orgulho e jocosidade, como se fosse algo que devessemos corrigir, eu interpreto-o como um bom sinal, filosófico pelo menos. Basta ver a escumalha neoliberal de direita desbocada que parasita as instâncias da UE para perceber que um governo de Esquerda para essa gentinha é algo a abater. Qualquer desvio da bem amada austeridade, mesmo que tenha dado provas mais que suficientes da sua eficácia em meros 6 meses de governação, é para abater. O Português, Espanhol e Grego têm é que se sujeitar à máquina austera e pronto! Haja vergonha! Talvez não tenham tomates para o fazer directamente então usam estes truquezinho mesquinhos para lançarem o caos e confusão nas mentes portuguesas mais débeis.
    Quanto às afirmações da D. Albuquerque, acho mesmo que sejam verdade. Não acho é que ela as deva dizer com orgulho. Apenas significa que já perdeu a pouca vergonha que tinha na cara e se tornou oficialmente num invertebrado. Sim, se ela tivesse no poder, o défice até podia ser de 10% que a Comissão nem piava, pois sabiam que bastava piscar o olho e ela começava a impor restrições orçamentais que iria fazer os anos da Troika parecer o ínicio da decada de 90. Mas como perderam o pau mandado no governo Português, como quem a substituiu parece ter espinha dorsal, a Comissão Europeia está em pânico com uns míseros 0.2%, que ainda por cima se devem aos 4 anos de hecatombe económica do regime. Se isto não é hipocrisia…

    1. Sergio Parreira says:

      Estamos portanto a lêr o comentario de alguem que “ainda” não foi afectado pelos mandos e desmandos da des.governação do Costa….

      1. adeus passos says:

        está confuso. des.governação foi com maria luís, e com as suas mentiras sucessivas e metas falhadas consecutivas.

        por acaso com costa, vemos a melhor execução orçamental de 1º trimestre desde a crise de 2008. mesmo devolvendo a sobretaxa (que maria luís prometeu devolver para ganhar votos) e os cortes dos FP.

        compreendo a sua desorientação quando o PSD eliminou a social-democracia das suas políticas e o PS é o único partido português a actuar em social-democracia.

  4. Maria Paula Martins says:

    São mesmo muito engenhosos a tentar sacudir a água do capote e em não assumir responsabilidades! E “governaram” o nosso país durante 4 anos sempre com a mesma atitude!

  5. Visionário says:

    Maria Luís Albuquerque tem sido uma personagem cuja “mentira” é o seu forte. Fico triste por ver inteligências a dar razão a esta triste figura da ex. ministra das finanças a qual ela, e seu chefe, Dr. Passos Coelho, pelo facto de não conseguirem atingir as metas a que se propuseram.
    Se vierem as sanções, a culpa é sem sombra de dúvida do “anterior governo”.
    Desde “cofres cheios” até “às almofadas”, não deram para cumprir com os compromissos contraídos com a UE.
    (Recorde-se que durante o fim-de-semana o PSD tentou projectar a ideia de que as sanções se deviam “não ao falhanço orçamental de 2015” mas à actual política do governo). A actual politica do governo é que falhou as metas?
    Ai Passos…Ai Passos… Abre os olhos e a Dra. Maria Luís também… Se ela estivesse no governo, fazia… Frito e cozido… Tem tino mulher, que já tens idade para isso.

    Bom… Com isto tudo, parece que o culpado é o Costa… Dá vontade de rir…

  6. Guy Kima says:

    Ai , Portugal , quem te viu e quem te vê .De grande a miserável . Estes que comandam a Europa fizeram com que acabassem as colonias . Mas a França , Holanda o próprio Reino Unido tem . Eles sugam -nos , até a medula . Tínhamos que fazer era sair desta merda da U E . A U E como está não vai a lado algum e o fim será um grande colapso ,

  7. Vítor Costa says:

    Como é possível a Comunicação Social alimentar a postura deste homem que ainda se julga primeiro ministro com o desejo de continuar a transformar o país e o seu povo em
    terra queimada?

    Para conhecê-lo melhor vão ao YouTube e pesquisem Passos Coelho best of e apreciem aquilo de que ele é capaz.

  8. Jorge Madureira says:

    té dá pena ver a cara que está na foto do traste de massamá. Também nao é nada que já não soubéssemos, que as sanções eram impostas devido à politica do dito traste, por muito que ele tentasse empurrar para este governo. Até neste caso se vê a pouca honestidade e falta de seriedade do traste e seus ex companheiros de governo, quando nao querem assumir os seus erros. Gente deste não é preciso na politica em Portugal, porque politicos gatunos, vigaristas e mentirosos já nós temos em demasia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Geringonça

© Geringonça 2016