Breves

Portugal esteve 4 dias seguidos a consumir apenas energia renovável

wind
Comments (2)
  1. Fernando Simões says:

    O “des”aproveitamento das renováveis, durante a noite, que tem conduzido o país a exportar, para Espanha, energia a custo zero, ou seja a dar energia, vem levantar questões ás quais a medíocre classe política portuguesaa não tem dado resposta:
    Porque não se incentiva a transferência de consumos para o período noturno?
    Porque não se dá prioridade ao transporte multimodal tirando partido da componente ferroviário de mercadorias durante a noite? http://geografiarp.no.sapo.pt/o_transporte_multimodal.htm Para além das vantagens referidas no link anterior, convém referir o cumprimento das metas de emissão de CO2, o menor desgaste das rodovias, com a diminuição dos custos de manutenção associado, os custos resultantes da diminuição de acidentes (quer diretos, com impacto nas seguradoras e na saude, quer indiretos em perdas de produtividade, et. etc.
    Porque a ERSE, com a conivência, empenhado, dos políticos e dos governos, pactua com a EDP, impondo, nos contratos bi-horários um custo de energia diurno superior ao custo dos contratos de tarifa simples? Este facto impede que mais consumidores transfiram consumos para o horário noturno, mas permite que a EDP/Chineses continuem a obter lucros/transferências de capitais, escandalosamente chorudos.

  2. manuel pereira says:

    Maldito Sócrates! Estragou o meu negócio de intermediário de petróleo! Cadeia para o criminoso!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Geringonça

© Geringonça 2016